não há

nada que seja econômica ou socialmente inevitável tanto em relação ao declínio das cidades tradicionais, como em relação à recém-inventada decadência da nova urbanização inurbana. ao contrário, nenhum outro aspecto da nossa economia e da nossa sociedade tem sido mais intencionalmente manipulado por todo um quarto de século com o fim de atingir exatemente o que conseguimos. tem-se exigido um volume extraordinário de incentivos financeiros governamentais para obter esse nível de monotonia, esterilidade e vulgaridade. as várias décadas de discursos, textos e exortações de peritos serviram para convencer a nós e aos legisladores de que uma gororoba dessas deve fazer-nos bem, desde que esteja coberta de gramados. – jane jacobs

atravessando

as densas florestas, ele logo chegou ao coração das montanhas e ali se instalou, entre árvores e regatos, ouvindo as canções dos pássaros e cercado por bonitas flores, para praticar seu voto de oração, vigília e jejum. vestido com escassas roupas feitas de capim e pele de corça, ele se alimentava de folhas secas e frutos caídos das árvores, e a cada mes reduzia sua ração, até que no quarto mês pode viver somente de ar, sem ingerir nenhum outro alimento. com os constantes banhos e a purificação, sua cabeça parecia um relâmpago. ele podia ficar dias e dias com os braços levantados, sem se apoiar, até a terra começar a tremer com o calor de sua penitência.

Em primeiro lugar, ensinar as pessoas como ouvir mais cuidadosa e criticamente a paisagem sonora. Depois, precisamos solicitar sua ajuda para replanejá-la.

O combate à poluição sonora pela diminuição do ruído é uma abordagem negativa. É possível uma maneira de tornar a acústica ambiental um programa de estudos positivo. Que sons queremos preservar, encorajar, multiplicar? Quando soubermos responder a essa pergunta, os sons desagradáveis ou destrutivos predominarão a tal ponto que saberemos por que devemos eliminá-los. Somente uma total apreciação do ambiente acústico pode nos dar recursos para aperfeiçoar a orquestração da paisagem sonora mundial.

R. Murray Schafer, Afinação do Mundo.